Construção da casa da lenha – Tavira



Memória descritiva

  • A parte frontal desta habitação estava inacabada e o anexo (casa da lenha) contruído posteriormente tinha uma volumetria desadequada dado que as suas linhas não respeitavam as linhas da casa.
  • Assim procedeu-se à demolição do anexo e à escavação do terreno para permitir a execução dos arranjos exteriores em função da cota de soleira e a optimizar a concordância do terreno existente com o novo pavimento.
  • Construi-se um novo anexo em alvenaria de tijolo rebocado e pintado assente sobre uma fundação, adequada, em betão armado e estas novas paredes foram consolidadas às paredes da casa com armaduras de ferro coladas com resinas epóxi. Para que o telhado ficasse todo na mesma cota, parte do telhado existente foi desmanchado e posteriormente remontado. Garantindo assim uma visão de continuidade.
  • Em concreto esta nova construção passou a ser parte integrante da casa pois todas as linhas ficaram na continuidade da mesma.
  • Escrever sobre as fundações do pavimento e muretes entendemos desnecessário restando apenas dizer que o pavimento aplicado é tijoleira Santa Catarina riscada, o mais tradicional que o Algarve tem para oferecer.
  • Por fim modificou-se o alpendre não só para colocar a entrada de frente, mas sobretudo para conferir algum conforto e protecção contra o vento Norte (muito forte neste local). Para o efeito a parte frontal foi demolida e arranjada e na lateral (antiga passagem) foi construída uma parede de tijolo de vidro permitindo, também, assim maior luminosidade.
  • Para terminar tudo foi pintado com Nováqua HD da Cin na cor branca.
  • Autor: Espaço R / Cliente
  • Cliente: Particular
  • Intervenção: Demolição e construção da casa da lenha e arranjo do acesso e envolvente frontal da habitação.